A copa das zebras

Cristiano Ronaldo no banco e o bife de ouro, algumas das polêmicas do Mundial do Catar

0
20
Marrocos eliminou a Espanha do Mundial do Catar
1. O deserto não é habitat de zebras. Como era de se esperar, elas deram um passeio pelo Catar, fizeram alguns estragos e foram embora, porém, existe uma zebra teimosa que se recusa a voltar para a África e o Marrocos. Essa zebra resolveu estender a sua estádia, deixando a data de retorno em aberto. Portugal está escalado para mandar essa zebra de volta para o seu habitat. Será?
2. Os japoneses encontraram alunos bem dedicado. Após as inocentes cobranças de pênaltis, contra a Croácia, os nipônicos viram seus alunos espanhóis demonstrarem que foram bons alunos ao desperdiçar três pênaltis contra Marrocos. O show de horrores dos pênaltis cobrados pelos espanhóis garantiu um retorno mais rápido para a ‘terra madre’.
3. O técnico de Portugal, Fernando Santos imaginou que daria um castigo em Cristiano Ronaldo após as reclamações do CR7, que não está gostando de ser substituído nas partidas da Copa, deixando o gajo no banco de reservas, mas os deuses do futebol conspiraram contra o técnico português. Gonçalo Ramos fez três gols e agora, a tendência e de que o treinador seja obrigado a manter CR7 no banco de reservas. Oh céus, oh dor, oh azar. Como se diz em Portugal, Fernando Santos, está entre a cruz e a caldeirinha.
4. Tite parece que já está se sentindo melhor só em pensar que no dia 19 de dezembro, vai deixar a seleção brasileira. Tite, mesmo sem sorrir acabou dançando, a dança do pombo na vitória sobre a Coreia por 4×1.
5. A premonição da minha filha de que o país campeão mundial de 2022, tem uma família real vai se diluindo. Dos 12 possíveis candidatos, restam apenas três: Holanda, Inglaterra e Marrocos. Segundo os matemáticos só Holanda e Inglaterra, poderão garantir o título para uma família real.
6. A torcida brasileira está mais tranquila com a eliminação da Alemanha, se o Brasil não vencer a Copa, continua pelo menos mais quatro anos como o único penta. Prêmio de consolação…
Caro, muito, caro o bife de ouro de Salt Bae

7. Sorry periferia. A polêmica da semana é o ‘bife de ouro’. Capitaneados por Ronaldo Fenômeno, vários jogadores da seleção brasileira, estiveram na churrascaria Nusr-Et, do chefe Salt Bea. Vários jogadores de outras seleções, também já estiveram na churrascaria. Conta a lenda, que para ir na mesa do cliente, Salt Bea cobra US$ 150. É ostentação? É ostentação, mas como dizia o saudoso colunista social Ibrahim Sued, quem pode, pode, quem não pode, se sacode. Sorry periferia…

8. Rodrigo Santana, ex-treinador do Atlético-MG e contratado pelo Corinthians, para ser auxiliar do novo treinador, Fernando Lázaro chegou a São Paulo para assinar contrato e voltou no mesmo voo’ para BH. A torcida e alguns conselheiros não aceitaram a contratação de Rodrigo Santana, após a imprensa divulgar fotos dele em protestos, em frente a um quartel, pedindo intervenção militar e prints da sua rede social, na qual divulgava fake news contra a vacina e algumas autoridades. Tempos modernos.
9. A Câmara dos Deputados, aprovou um projeto que aumenta a punição para atos racistas em eventos esportivos. A proposta que vai a sanção presidencial, inscreve na Lei do Racismo, o crime de injúria racial e tipifica o crime de injúria racial coletiva.
10. A agência internacional de teste (ITA), re-analisou exames antidoping das Olimpíadas de Londres em 2012 e retirou 31 medalhas conquistadas há dez anos. Não foram divulgados, ainda, os nomes dos atletas desclassificados. A Rússia foi o país que mais perdeu medalhas.