Traficante de drogas é deportado para o Brasil

Brasileiro é procurado em Minas Gerais por tráfico de drogas

0
632
Thiago Jorge Alves foi preso pela Polícia Federal no Aeroporto de Confins, Belo Horizonte. Foto ERO/Boston

O brasileiro Thiago Jorge Alves, 37 anos, foi deportado para o Brasil na quinta-feira, 20, e entregue para as autoridades brasileiras por ser um foragido da Justiça e procurado por tráfico de drogas. A remoção de Alves ficou a cargo de oficiais do Enforcement and Removal Operations (ERO) Boston.

Thiago foi detido pela Border Patrol em janeiro de 2022, nas cercanias de San Luis, Arizona depois de entrar ilegalmente nos Estados Unidos. Ao ser liberado, foi notificado de que teria de comparecer perante um juiz de Imigração, o que jamais fez.

Em fevereiro deste ano, Alves passou a ser procurado pelas autoridades brasileiras, para responder por acusações de tráfico de drogas em Minas Gerais. Ao constatar que ele havia fugido para os Estados Unidos, informaram à Interpol, que colocou o seu nome na Difusão Vermelha e em 23 de maio deste ano, ele foi preso em Massachusetts por oficiais do ERO e colocado sob custódia. Em 23 de junho, um juiz de Imigração determinou a sua deportação que foi cumprida pelo Immigration and Customs Enforcement Air Operations.

Thiago Jorge Alves, foi preso por agentes da Polícia Federal ao desembarcar no Aeroporto de Confins em Belo Horizonte, Minas Gerais e encaminhado para o Complexo Penitenciário Nelson Hungria em Contagem, onde está a disposição da justiça brasileira.

No ano fiscal de 2022, o ERO prendeu 46.396 não cidadãos com antecedentes criminais; este grupo teve 198.498 acusações e condenações associadas. Estes incluíram 21.531 ofensas de agressão; 8.164 ofensas sexuais e de agressão sexual; 5.554 crimes com armas; 1.501 crimes relacionados a homicídios; e 1.114 crimes de sequestro.

Para denunciar alguém que tenha cometido um crime no Brasil e está escondido nos Estados Unidos, ligue para 866.347-2423 ou preencha um formulário online.

Jehozadak Pereira

Jehozadak Pereira é jornalista profissional e foi editor da Liberdade Magazine, da Refletir Magazine, do RefletirNews, dos jornais A Notícia e Metropolitan, do JS News e jornalista da Rede ABR - WSRO 650 AM. Foi articulista e editorialista do National Brazilian Newspaper, de Newark, New Jersey. É detentor de prêmios importantes tais como o Brazilian Press Awards e NEENA - New England Ethnic Newswire Award entre outros